Conversas da Quarentena | Quarantine Talks

Home/Conversas da Quarentena | Quarantine Talks

Conversas da Quarentena | Quarantine Talks

Estes tempos de quarentena (#ficaemcasa #covid_19) têm confinado muitos de nós (com excepção de quem continua a deslocar-se para o seu local de trabalho) à nossa própria comunidade, ao nosso próprio bairro.
É natural por isso que daí surjam novas empatias, novas amizades, novas conversas.
Eu que sempre gostei de dar dois dedos de conversa, resolvi ir entrevistando pessoas que nestes tempos conturbados começaram (ou já faziam mas agora ainda mais) a fazer parte dos meus dias – vou chamar-lhes Conversas da Quarentena.

Começo hoje com a Cláudia Marinho, à frente da Frutaria onde me desloco mais do que uma vez por semana para comprar legumes frescos e fruta.

EN
These quarantine times (#stayathome #covid_19) have confined most of us (exception for those who still have to go to their work places) to our own community, to our own neighbourhood.
So it’s natural that new friendships or new conversations occur.
As I always liked to start small talks with new people, so decided – during these strange times – to interview people who are making (or are making even more) part of my days – I will call it Quarantine Talks.

Today I start with Cláudia Marinho, owner at the grocery shop I go more than once a week to buy veggies and fruits.

 

Conversas da Quarentena

Conversas da Quarentena

Cláudia Marinho

PT
I – Como têm sido estes dias, continuar a trabalhar numa altura conturbada e em que a maioria das pessoas está em casa de quarentena por causa da Covid_19? 

– Bem,  a nível de negócio, aqui na frutaria, o volume de vendas tem aumentado significativamente.
Muitas pessoas preferem vir aqui do que estar nas filas para entrar nos grandes supermercados.
Mas nota-se que as pessoas estão mais stressadas e mais receosas.

Há nesta zona muitos empresários, e os empresários estão mesmo muito ansiosos.

II – E a Cláudia, consegue estar relaxada? Quais as medidas de proteção que tem aqui na frutaria?

– Aqui só deixamos entrar duas pessoas de cada vez, temos luvas para quem quiser usar o multibanco e álcool gel para desinfetar as mãos.
É evidente que eu não estou totalmente relaxada, mas cumpro as medidas recomendadas. Uso quase sempre a máscara, apesar de não pertencer a um grupo de risco,  e desinfeto sempre as mãos e mantenho a distância exigida para com os clientes.

III – Gosta de trabalhar neste bairro? Há quanto tempo já está aqui?

Estou aqui há dois anos, a ajudar os meus pais, que têm a outra loja, a Garrafeira do Padrão da Légua.
Gosto muito deste bairro, as pessoas aqui são genuínas.

IV – Qual vai ser a primeira coisa que vai fazer quando a quarentena terminar?

– Ui quero fazer tanta coisa 🙂
Mas acho que é ir jantar Fora .

Obrigada Cláudia!

EN
I – How are you living these days, coming to work in a time when most of the people is confined home in quarantine, due to Covid_19? 

– Well, regarding business, the volume has risen considerably.
Many people prefer to come here than to stay in a queue at the big supermarkets.
But we can see people are stressed and anxious.

There are a lot of business men in this area, and they specially are anxious and afraid.

II – And you, can you stay relaxed? What protection measures do you have here at the Grocery Shop?

– Here we only let two people inside at the same time, we have gloves for clients who want to pay with the card, and we have alcohol for the hands.
Obviously I myself am not quite relaxed, but I follow all the recommendation commandments.. I wear the mask most of the time, despite not belonging to a risk group, and I keep the needed distance to all the clients..

III – Do you like to work in this neighbourhood? How long do you work here?

I am working here for two years, I am helping my parents who have another shop, a Wine Shop at Padrão da Légua.
I really like this neighbourhood, people are genuine.

IV – What will be the first thing you will do after quarantine is over?

– well, so many things…:)
But I guess I will go out for dinner!

Thank you Cláudia!

Conversas da Quarentena
PT

Ajude a sua comunidade local. Compre local.
Compre sempre que possível nos pequenos negócios.
Agora e nos tempos futuros mais do que nunca!

EN

Help your local community. Buy local.
Buy if possible at small businesses.
Now and in coming times more than ever!

#comprelocal #buylocal

Conversas da Quarentena

Conversas da Quarentena | Quarantine Talks
com Cláudia Marinho

at Loja da Fruta – Filial
da Garrafeira do Padrão da Légua

 

Rua Conde Alto Mearim 1400
4450-031 Matosinhos
T: +351 22 937 27 36

By | 2020-04-25T23:08:26+00:00 April 9th, 2020|lifestyle & people|0 Comments

Leave A Comment