Esperança e Fé | crónicas de uma quarentena

Home/Esperança e Fé | crónicas de uma quarentena

Esperança e Fé | crónicas de uma quarentena

A cumprir o 16.º dia de isolamento e quarentena, como medida imposta para prevenção contra o Covid_19,
vírus que ameaça o mundo de forma invisível.

É domingo, lá fora o dia está azul, da minha janela vejo ao fundo o mar e o sol a caminhar para se pôr e lá em baixo alguns vizinhos – devidamente todos afastados – no jardim.
Poderia ser um domingo igual a tantos outros mas não é.

Impera aquela sensação de não liberdade, de medo do desconhecido, de ânsia por não se saber até quando…..

Agarro-me com força às palavras Esperança e Fé, e comovo-me.

Por entre o turbilhão de notícias más que aterram diariamente como bombas – o número de mortes por Covid_19 aumenta a um ritmo alucinante –
emanam histórias lindas de solidariedade, entre vizinhos, entre comunidades, entre empresas, entre criativos e do meio artístico; histórias lindas de pessoas anónimas que continuam a ter de ir trabalhar, e vão, com o medo enterrado na alma mas com um sorriso nos olhos; de médicos, enfermeiros e todos os cuidadores de saúde que estão lá a cuidar de quem chega infetado e que vão partilhando o seu dia; de vizinhas que nos fazem surpresas e nos deixam à porta pequenos presentes com um bilhetinho onde se lê:  “para animar”; de vizinhos que cantam do jardim em uníssono os parabéns a um outro vizinho que comemora à janela….

Admito que estou naquela fase da vida em que para me comover não é preciso muito – uma simples paisagem bonita deixa-me de olhos rasos de água –
que fará em tempos de Covid_19 em que quero abraçar os meus pais e não posso…..  ,
que raio de vírus é este que exatamente quando os meus pais mais precisam de mim e do meu tempo,
é quando me é pedido para não estar lá com eles???

Comovo-me sim.
Comovo-me com poesia, com palavras ditas devagar, com uma boa música, com a Natureza tranquila, com memórias de tempos passados, com fotografias com as minhas amigas, com as rotinas ja criadas nestes dias insanos dentro de casa – os meus filhos a estudar ou a passar o tempo no quarto, o meu marido a fazer o jantar ….
(se não fosse ele, ….eu que nunca gostei de cozinhar…..)

E comovo-me com o nosso Papa.
Que pessoa bonita e humilde.

A imagem do Papa Francisco a dar a benção Urbi et Orbi na Praça de S.Pedro, vazia….
Duvido que alguém não se tenha comovido também…..
Até a chuva que nesse dia caía em Roma (27 de Março 2020) parece que chegou para dar ainda mais imponência à intensidade do momento.

“Porque tendes medo, ainda não tendes Fé?”

Temos medo sim, somos humanos, todos temos medo.
Mas a Fé e a Esperança são os nossos aliados nesta cruzada que vai fazendo história nas páginas do mundo,
são as nossas armas para seguirmos em frente.

Pelo menos para mim, que não quero baixar os braços, nem deixar de acreditar.
Agarro-me à Fé.
Agarro-me à esperança.

(English version soon)

Esperança e Fé

Esperança e Fé | Hope and Faith

Quarentena – Covid_19

Esperança e Fé
Vaticano – Papa Francisco. Imagem retirada da net
Video by:
Music & Lyrics: Cristóvam
Production: Pedro Varela

Dados estatísticos de mortes por Covid_19 à data de hoje – 29 Março 2020 | Statistics
(fonte – Center for Systems Science and Engineering) 

Portugal – 119 mortes
Itália – 10,779 mortes
Espanha – 6, 606 mortes
China – 3, 182 mortes

By | 2020-03-30T04:59:46+00:00 March 29th, 2020|opinion|0 Comments

Leave A Comment