Serra do Alvão, onde a beleza e a imensidão da montanha se tocam

Home/Serra do Alvão, onde a beleza e a imensidão da montanha se tocam

Serra do Alvão, onde a beleza e a imensidão da montanha se tocam

Regressada de um fim-de-semana inspirada a ouvir falar dos lugares mais remotos do mundo – (falo do National Geographic Exodus Aveiro Fest, que juntou fotógrafos e videógrafos internacionais incríveis a partilhar as suas aventuras e histórias) – a minha vontade era mesmo partir também. Por aí, pelo mundo, e, preferencialmente, para algures com muita montanha.
Como a realidade é outra, a minha vida segue de pé firme na cidade,…, fui pelo menos buscar as fotos da minha ida recente à Serra do Alvão, e decidir, é hoje que faço o post.
Não é sobre um lugar remoto, mas é sobre um lugar lindo, aqui perto do Porto, e que nos consegue transportar para a imensidão da beleza da montanha.
Um lugar, de excepcional natureza.

Just coming back from an inspiring weekend hearing about the most remote places in the world – (I am talking about National Geographic Exodus Aveiro Fest, that gathered incredible international photographers and videographers who shared their stories and adventures) – my only will was to take my bag and go. Just go, through the world, but preferably through places with a lot of mountain.
As my reality is different, my life goes on firmly here in the city, …, I looked again at my pictures from the recent travel to Serra do Alvão, and decided, it’s today that I will do the post about it.
It’s not about a remote place, but it is indeed about a beautiful place, close to Porto, allowing us to be transported to the immense beauty of the mountains.
A place, of exceptional nature.

Serra do Alvão
Serra do Alvão

Serra do Alvão

PT
A Serra do Alvão situa-se a noroeste de Vila Real, em Mondim de Basto, na transição entre o Minho e Trás-os-Montes, e tem cerca de 1283 m de altitude.
Destacam-se as zonas de xisto e as zonas graníticas, e um dos percursos mais famosos é o que nos leva ao rio Õlo e às Cascatas das Fisgas de Ermelo.
Um percurso simplesmente maravilhoso, e foi esse mesmo que eu fiz.

EN
Serra do Alvão is located northeast from vila Real, in Mondim de Basto, the transition of the two regions of Minho and Trás-os-Montes. It is about 1283 m high.
Is is well characterised by shale and granite areas, and one of its famous tracks is the one that takes us to Ôlo river and its Fisgas de Ermelo Cascades.
An incredible beautiful route, and that’s the one I did.

Serra do Alvão

Fisgas de Ermelo
Lugar belo para o mundo

PT
O percurso das Fisgas de Ermelo é um percurso de 12,8 Km, que começa e acaba no lugar chamado Ermelo.
Um percurso que se faz bem, mas, convém ir mentalizado 🙂
No meu caso, que nunca me preparo muito sobre os locais que visito (gosto sempre da surpresa dos dias) ia sim preparada para a montanha, para caminhar e deslumbrar, mas saí de casa a achar que ia só dar um passeiozinho pela montanha 🙂 –

Não digo que seja uma dificuldade imensa, mas é uma dificuldade média, há bastantes subidas íngremes e descidas, em tempo de calor deve ser muito complicado aguentar, eu fui no Outono num dia sem chuva, mas em que tinha chovido no dia anterior, pelo que o terreno estava bastante escorregadio.
Nestes casos um bom calçado faz a diferença.

-“preparem-se aí para umas 4 horinhas de passeio, dizia o senhor que simpaticamente nos acolheu mesmo à entrada do percurso e com quem conversamos bastante” 

– “4 horas para fazer 13 Km?? Ele está maluco, quero fazer isto em duas horas, regressar a tempo de ainda ir almoçar por aí, desfrutar……(pensava eu para mim)

🙂
pois,  …..
Eu e o meu marido demorámos 5 horas e meia bem medidas e sem grandes paragens – (paramos para as inevitáveis fotos e para comer a merenda, claro, mas começamos a ver o tempo a passar e a probabilidade de escurecer (nesta altura do ano às 17h já está escuro…) pelo que a meio do percurso começamos a perceber que íamos ter de dar à perna para ainda regressar com luz do dia….:)

Fisgas de Ermelo
Beautiful place for the world

EN
The Fisgas de Ermelo track is a track of 12,8 Km, that starts and ends in a place called Ermelo.
A track which you do it ok, but is better to be prepared.
In my case, I never get too much prepared about the places I visit (I always like the surprises of day), I was yes prepared for the mountain, to walk and climb and be amazed, but I left home thinking just to go for a little walk in the mountain…:) Well no, it were 12,8 intense Km…

It is not high difficulty, but medium difficulty, there are a lot of ups and downs, I really do not advise to go there on hot summer, I went there in the autumn, it was not raining, but it did the day before, so the soil was wet and slippy, so proper shoes make the difference.

-“be prepared for 4 hours walking, said the nice man at the beginning of the track, and with whom we talked a lot before starting”

– 4 hours to walk 13 Kilometers? He is crazy, I want to do this in 2 hours, come back with time to have lunch somewhere, seize the place….(I was saying to myself)”

… …

Well,
me and my husband took 5 hours and a half for the complete route, and we did not stop very often. Of course we stopped for some pictures, and to eat our meal, but in the middle of the way we realised we had to walk faster if we wanted to arrive with daylight (in this time of the year day light ends early, around 5…)

Serra do Alvão
Serra do Alvão

Miguel Torga, famoso escritor português e transmontano, escreveu, a propósito das Fisgas de Ermelo, nos seus Diários:

“Cá me vim debruçar também sobre o despenhadeiro das Fisgas, com os pés seguros pelos companheiros por causa das vertigens. E apreciei devidamente este misto de espanto e terror. A contemplação dos abismos naturais é necessária de vez em quando a quem tem a atracção dos outros. Toma-se consciência, com rigor físico, das asas que nos faltam para estar à altura da máxima de Nietzsche…”
Miguel Torga

 a quote from Miguel Torga, famous portuguese writer, who was born in Trás-os-Montes.
(sorry, did no translation…)

Serra do Alvão
Serra do Alvão

Montanha, cascatas, vertigens….

PT
Não há como se perder durante o percurso, pois está muito bem sinalizado, com umas setas a vermelho e amarelo.
Quem fizer o percurso com tempo quente poderá e DEVERÁ tomar banho nas piscinas naturais, para uma experiência única.
Eu não tomei, mas, apesar de ter ido com tempo frio, houve algumas subidas que me aqueceram bastante, e se tivesse ido preparada com uma toalha para me secar, acho que teria mergulhado 🙂

Não sei se tem vertigens, como o Miguel Torga 🙂
Mas mesmo que tenha quando estiver lá no alto abra os braços, feche os olhos, inspire, agradeça!

Ou grite ao vento bem alto: Portugal é lindo!

Mountain, cascades, vertigo….

EN
The track is well signalised, there is no way you will get lost, just follow the yellow and red signs.
And if you go there by warm weather, you have to stop at the natural pools and dive, for a unique experience.
I did not dive, but despite having been there with cold weather, there were some parts where I got really warm after climbing them, and if I was prepared with a towel or with other clothes, and would have dived. 🙂

I do not know if you suffer from vertigo, like Miguel Torga, the writer 🙂
Even if you do, when at the top open your arms, close your eyes, breath in, be grateful!

Or scream to the wind: Portugal is beautiful!

Algumas dicas para quem quiser fazer o percurso das Fisgas de Ermelo, na Serra do Alvão

– É um percurso de 12,8 Km, de dificuldade média.
– Vá com calçado apropriado, e com várias camadas de roupa: comece por uma T-shirt, e tenha na mochila um bom casaco para o frio ou impermeável para chuva.
– Leve merenda – pode comprá-la no café em Ermelo, antes de começar o percurso – e água. Sugiro que tenha uma garrafa própria sem ser de plástico, a qual pode encher com água muito boa na fonte em Ermelo.
– Tenha em conta as horas – se for como eu no outono ou Inverno, lembre-se que escurece cedo. E na montanha ainda mais cedo. Sugiro começar bem cedo de manhã. (Eu só comecei por volta das 11h, terminei por volta das 16h30)
– Não vá sozinho/a.
– Leve uma lanterna.
– Leve câmara fotográfica.
– Não aconselho fazer o percurso no verão, com muito calor, nem no inverno rigoroso.

– Seja Amigo da Natureza, não deixe qualquer tipo de lixo por lá! 🙂

Como chegar, indo do Porto (cerca de 1h de viagem)

Tome a A4 para Vila Real, saia em Mondim de Basto, siga as placas para Parque Natural do Alvão.
Em Ermelo, estacione o carro, perto da Igreja, por exemplo.
E depois prepare-se para a excepcional natureza 🙂

EN

Some tips if you are planning to go to Fisgas de Ermelo, in Serra do Alvão:

 – It’s a 12,8Km distance track, medium difficulty.
– Wear proper shoes, and different clothes layers. Start with a T-shirt, and carry on your bag a warm coat and also a rain coat.
– Take something to eat – you can buy something at the Café in Ermelo, before you strat the track – and water. I suggest you have your own bottle, not a plastic one, and you can fill it with drinkable water at the fountain in Ermelo. After that there is no other place to buy anything.
– Beware of time – if you go there as I did, in the autumn or Winter, remember it gets dark earlier. And in the mountain it gets dark even earlier . I suggest you start early in the morning. (I started at 11am, ended at 4, 30 pm)
– Do not go alone.
– Take a lamp with you.
– Take a camera.
– I do not advise to do this on high summer, nor heavy winter.

– Be Nature friendly, don´t leave any garbage there! 🙂

How to get there, by car, from Porto (about 1h distance)

Take A4 direction Vila Real, go out in Mondim de Basto, follow signs Parque Natural do Alvão.
In Ermelo, para your car, you can do it close to the church.
And then, be prepared for exceptional nature 🙂

Serra do Alvão
Serra do Alvão

 Terapia da montanha….

PT
Montanha, montanha, montanha….
Como uma terapia.
E eu que tenho o mar como paixão, acho que a idade me está a fazer gostar cada vez mais de montanha.

E por aí, preferem mar ou montanha??

Mountain therapy….

EN
Mountain, mountain, mountain…..
As a therapy.
And despite being a convicted sea lover, I guess age is turning me more and more a mountain lover.

What about you? Are you a sea or a mountain lover??

Serra do Alvão

 

PT
Desta vez fui  e vim no mesmo dia.
E com pena não tive tempo de explorar restaurantes nem locais à volta para pernoitar.

Mas Portugal é um oásis de surpresas boas, e certamente há muito onde se comer bem por ali, e locais acolhedores para dormir.
Espero explorá-los muito em breve.

EN
This time I went there and came back the same day.
Unfortunately, did not have the time to explore restaurants or places around to stay.

But Portugal is an oasis for good surprises, so certainly there are plenty of excellent restaurants around, and cosy places to sleep.
I count to explore them very soon.

Serra do Alvão

Viver o Porto in the Mountains 

Serra do Alvão
Fisgas de Ermelo

1 hour drive from Porto

#viveroporto_travel
#visitportugal

Veja as stories que fiz sobre a Serra do Alvão, em destaque no instagram do Viver o Porto./
see the stories about Serra do Alvão, on Viver o Porto’s Instagram page.

 

By | 2018-12-13T10:19:12+00:00 December 4th, 2018|Portugal|0 Comments

Leave A Comment