happy stories by Bio & Natural - Chá Camélia

PT
de volta às histórias felizes, às histórias sobre produtos biológicos e pequenos produtores locais. 
desta vez, uma história sobre chá verde biológico, mais um dos produtos que pode ser encontrado no Bio & Natural - o espaço do El Corte Inglês Gaia Porto  que se dedica exatamente a promover e divulgar o consumo de produtos oriundos de produção biológica e local.

EN
back to the happy stories, and to the stories about organic products and small local producers.
this time, a story about green tea,  another product that can be found at Bio & Natural - the space that exists at El Corte Inglês Gaia Porto, which promotes exactly the consumption of organic products resulting from local cultures.




PT
Nina Gruntkowski é alemã e jornalista de profissão, mas veio para Portugal por causa do marido, o conhecido produtor de vinhos Dirk Niepoort.
ambos têm uma paixão pelo culto do chá, e depois de experimentarem um pequeno cultivo num canto do jardim de casa com muito bons resultados, decidiram aproveitar as condições climáticas e uma quinta abandonada da família de Dirk a norte do Porto para se dedicarem à plantação e cultivo de chá, desta vez em maior escala.
nasceu assim o Chá Camélia.

"é no entanto um projeto a longo prazo, pois a primeira colheita só pode ter lugar passados 5 anos, para os quais ainda faltam cerca de 4".

enquanto isso não acontece, Nina e Dirk  estabeleceram uma parceria com um casal japonês produtor de chá biológico no Sul do Japão, o casal Morimoto, fazendo a distribuição dos seus chás cá em Portugal, fazendo algumas misturas entre o chá japonês e o português, e  promovendo degustações e workshops por vários pontos do país para informar o público português sobre este ritual que tanto gostam.

EN
Nina Gruntkowski is a german journalist, who came to Portugal due to her husbands life, the famous wine producer Dirk Niepoort.
both have a strong passion for tea, and after testing a small plantation at their houses backyard, which was a success, they decided to take advantage of climate conditions and start the big plantation in an abandoned farm belonging to Dirks family.
so Cha Camelia was born.

"this is, though, a long term project, as it takes 5 years for the first harvest, still missing 4 for it."

in the meantime, Nina and Dirk found a japanese partner - the Morimoto couple - who produce organic tea in the south of Japan for 40 years, and so their tea is distributed here in Portugal, besides some mixtures between the japanese tea and the portuguese, and they organize various tastings and workshops in order to explain this ritual to portuguese people.


PT
o Chá Camelia é um chá biológico e certificado, seguindo ainda o espírito da agricultura bio dinâmica nas suas plantações: não só se evitam os químicos no seu cultivo, como também se aproveita o material orgânico - como é o caso do spray de ortiga.

a marca é composta por uma grande variedade de chás, cerca de 30, entre os quais por exemplo o Kukicha, com muito pouca cafeína, o Sencha, e o Matcha, considerado como um super alimento.

EN
Camelia Tea is an organic certified tea, also using bio dynamic culture, which means not only not using chemical products, but also using the organic material to the culture, like for instance, using the nettle spray.

the brand distributes a great variety of teas, around 30, among them for instance the Kukicha. with very few cafeíne, Sencha, and Matcha, considered as super food.


PT
"há um interesse muito grande por parte do público português sobre o mundo do chá, mas ainda há pouco conhecimento. as pessoas começam a interessar-se pelo facto de ser uma bebida saudável.
e o chá verde é mesmo muito saudável, tem vitaminas, antioxidantes, é muito completo de nutrientes."

Porquê o nome camelia para o chá?
no início das minhas pesquisas sobre chá, descobri que só há duas plantas do chá: a camélia sinensis, oriunda da China e que dá origem ao chá verde e a camélia assamica, oriunda da Índia. 
sendo a camélia a flor típica da cidade Porto, fez-se clic - é este o nome para o meu chá! 

Quais os conselhos para se beber um bom chá?
o principal conselho é a importância água. a água tem sempre de ser de boa qualidade, de preferência filtrada, e nunca a mais de 70º, pois isso mata os nutrientes do chá. 
o uso de um bom bule também influencia, pois as folhas necessitam de espaço para se desenvolverem. o uso do bule tradicional japonês é o melhor, pois permite várias infusões com as mesmas folhas. 
um bom chá tem de dar sempre sensação de frescura na boca, é a caraterística de todos os chás japoneses.

video



EN
"there is a great interest from the portuguese public regarding the  tea world, but still small knowledge. people start to get interested, as it is a healthy drink. and green tea is in fact healthy, is has vitamins, anti oxidants, and has a lot of nutrients."

Why the name Camelia for your tea?
when I was researching about tea, I discovered there are only two tea plants: camellia sinensis, from China, and Camelia assamica, from India.
as the camellias are the typical flowers from Porto, there was a clic - this will be the name for my tea!

Some advices to drink a good tea?
the more important is to make it with good water, filtered water if possible, and never above 70º, as it will kill all the nutrients. the leaves need space to open, so 
a good teapot is also important, as the leaves need space to open.  the best teapot is the japonese one, it also allows several infusions with the same leafs. 
a good tea leaves you always with a feeling of freshness in your mouth, that is the characteristic of japanese teas.


Como vê esta parceria com o ECI?
fantástica. 
primeiro, como consumidora e como alemã fiquei muito contente por existir uma loja como a Bio & Natural no Porto.  
é uma loja muito bem organizada e bonita, com muito bons produtos.
depois como produtora, também fiquei muito feliz, pois dá uma visibilidade muito grande e diferente o facto de termos os nossos chás no ECI.  

Acha que o consumo biológico é o futuro?
claro que sim. só a produção em pequena ou média escala faz sentido, pensar biologicamente em grande escala também não é funcional. 
já estamos a sentir as consequências da produção em grande escala, e a sofrer na saúde. por isso algo tem de mudar, temos de consumir produtos locais.

Acha que o Porto, comparando com a Alemanha,  reage bem aos produtos biológicos? 
acho que no Porto e no Norte de Portugal a população até está bem receptiva a isso, pois toda a gente tem uma avó ou familiares com um pequeno quintal, com pequenas produções, e facilmente se pode voltar atrás a esse tipo de vida, a esses pequenos cultivos. e toda a gente percebe a diferença de sabor entre um tomate plantado no quintal, e um industrial....
Portugal tem hábitos e tradições boas. 

Como é beber chá com um marido produtor de vinho ( e muito bom vinho!:) ? Como interagem as duas bebidas?
o Dirk também adora chá, e eu eu gosto muito de vinho também,  mas não podemos estar sempre a beber vinho :) 
Mas há chás que podem acompanhar refeições de vinho, por exemplo o Sencha, que serve para limpar o palato.  é uma interacção bem melhor do que com água.

EN
How do you see this partnership with ECI?
it is great.
first, as a consumer, I was really happy  with the existence of a Bio & Natural in Porto.
it is a very beautiful shop, with great products.
then, as a producer, of course I was happy as well, as it gives us great visibility, the fact we have our teas at ECI.

Do you think organic production is the future?
it has to be. only small and medium scale production makes sense.
even organic production in a great scale is not functional. We are now suffering all the consequences of industrial productions, our health is suffering. so something has to change, we have to eat local.

Comparing to Germany, how does Porto accept the organic production, in your opinion?
I think Porto and the North of Portugal are very receptive to that, as most everyone has a grandmother or some family with a small farm, with small productions, and easily people can go back to that living style. and everyone knows the difference between a tomato from a small farm, and a tomato bought in a big supermarket chain.
Portugal has good habits and good conditions for organic culture.

How does it work to drink tea, having a wine producer at home ( and good wines:) ? How do both drinks interact?
Dirk loves tea as well, and we cannot drink wine all the time.  and I like wine as well. 
but there are teas that go very well along with wine, like for instance, Sencha, is good to clean the palate. it is better than to drink water.

Chá Camélia at Bio & Natural
PT
Para terminar, e como estamos num blog que fala essencialmente sobre o Porto, gostava de saber qual o seu local de eleição no Porto?
o Parque da Cidade.
foi o local que me ajudou a sentir-me em casa, quando cheguei da Alemanha. especialmente por ter aquele mercadinho biológico aos sábados, é uma pérola!
e depois, porque vai dar ao mar....

EN
As a last question, and as it is a blog essentially about Porto, which is your favourite place in Porto?
The City Park.. it was the place that mede me feel like home, when I first arrived from Germany. and specially because of its organic market, on saturday mornings, it is a pearl!
but also, it leads to the sea...! 


Thank you! :)






Cha Camelia @Bio & Natural
El Corte Inglês Gaia Porto
Av Da República 1435
4430 - 999 Gaia
T: +351 22 378 14 00
mon-sat: 10h - 23h
sun: 10h - 20h
Facebook/biologicoenatural

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...